Posts Tagged ‘ Halo: Reach ’

Bungie ajuda um menino encontrar o seu sorriso novamente

Um fã de Halo jovem que sofreu um transplante de fígado de nove horas foi tratado com uma visita surpresa de Bungie e uma série de presentes.

O pai do menino, que passa a linha de alça “fiscal_” postou uma galeria de imagens do menino e seus agradecimentos. Presentes incluído um cartão assinado por membros do estúdio, uma camisa Halo, e, o mais impressionante, uma réplica em tamanho real do capacete de Carter de Halo: Reach. Pai diz que seu filho está se recuperando bem, e que os presentes eram um reforço de humor grande em um momento difícil.

O pai também cortar qualquer pais back-sede fora na passagem, dizendo que seu filho não jogar a série M-rated, mas que ele ama o personagem de Master Chief e figuras da série de ação. Pai diz que o menino só assiste trechos do jogo, quando ele está com seus pais.

 

[Via Reddit]

Anúncios

Confira o que vai bombar na Live em março

A Microsoft preparou algumas ofertas quentes para o mês de março em seu serviço online do Xbox 360, a Xbox Live. Primeiramente, os compradores de uma cópia nova de Dragon Age 2 poderão baixar gratuitamente o DLC Black Emporium, que chega às lojas digitais no dia 08. Quem optar pela versão usada terá de pagar 800 Microsoft Points para desbloquear o conteúdo.
Fora isso, fãs da musa Lara Croft terão a chance de adquirir vários de seus DLCs pela metade do preço, já que a heroína é a estrela do “Deal of the Week” desta semana. Além disos, Lara Croft and the Guardian of Light será disponibilizado por apenas 600 Microsoft Points.
Quem curte pancadaria poderá finalmente comprar os personagens Jill e Shuma Gorath, ambos do game Marvel vs. Capcom 3. Cada um custa 400 Microsoft Points (cerca de R$9) e estarão disponíveis a partir do dia 15 de março.
Por último, mas definitivamente não menos importante, uma bela surpresa para quem ainda não é assinante Gold da Live. Os membros Silver, a opção gratuita do serviço, que estiverem usando a Live dos Estados Unidos serão tratados como usuários dourados a partir da sexta-feira, podendo desfrutar de todos os recursos exclusivos até domingo.
Abaixo, você confere a lista completa com as novidades de março:
Deal of the Week
Semana começando no dia 7
  • Lara Croft & The Guardian of Light 1200 600 (US$ 7,50)
  • Raziel & Kane Character Pack 400 200 (US$ 2,50)
  • A Hazardous Reunion Challenge Pack 3 400 200 (US$ 2,50)
  • All the Trappings Challenge Pack 1 400 200 (US$ 2,50)
  • T-Rex Pet 240 120 (US$ 1,50)
Semana começando no dia 14
  • Clover: A Curious Tale 400 200 (US$ 2,50)
  • Rock Band – “Bad Luck” 160 80 (US$ 1,00)
  • Rock Band – Green Day Pack 01 440 220 (US$ 2,75)
  • Lips – “Some Guys Have All The Luck” 160 80 (US$ 1,00)
  • Lips – “Chasing Cars” 160 80 (US$ 1,00)
  • Green Avatar Tux 240 120 (US$ 1,50)
  • Leprechaun Avatar Prop 240 120 (US$ 1,50)
  • Green Shamrock Avatar Tee 80 40 (US$ 0,50)
  • Red Dead Redemption Irish T-Shirt 80 40 (US$ 0,50)
  • NBA2K11 Celtics Jersey 240 120 (US$ 1,50)
Mercado dos Avatares
  • Dia 3 de março: Robots
  • Dia 10 de março: Halo: Reach collection update
Conteúdo para download
Dia 8 de março
  • Dragon Age 2 Exiled Prince 560 (US$ 7,00)
  • Dragon Age 2 The Black Emporium 800 (US$ 10,00)
  • Need for Speed Hot Pursuit Porsche Unleashed 560 (US$ 7,00)
  • (Dias 8-14 de março) Your Shape: Fitness Evolved DLC — desconto de 50%-60%
Dia 15 de março
  • Halo: Reach Defiant Map Pack 800 (US$ 10,00)
  • Marvel vs. Capcom 3 Jill Character 400 (US$ 5,00)
  • Marvel vs. Capcom 3 Shuma Gorath Character 400 (US$ 5,00)
Xbox Live Arcade
  • Dia 9 de março: Torchlight 1200 (US$ 15,00)
  • Dia 16 de março: Full House Poker 800 (US$ 10,00)
Xbox 360 Games on Demand
  • Dia 8 de março: Kane & Lynch 2
  • Dia 15 de março: Halo: Reach

Setlist da Microsoft para 2011 revelada

Durante a conferência pré-GDC feita pela Microsoft, foi revelada a lista de jogos a ser lançados no ano para o Xbox 360.
Segue a lista de exclusivos do console durante o próximo ano fiscal, que se inicia no mês que vem:
Além dessa lista(que ainda está sujeita a modificação), foram revelados também alguns dos títulos multiplataforma a serem lançados:
Em adição a isso tudo, podemos esperar por DLCs novas para Assassin’s Creed Brotherhood, Fable 3 e Halo Reach.
É pouco ou quer mais?

Halo Reach Análise

Este renomado FPS (First-person shooter) é desenvolvido pela Bungie e produzido pela Microsoft Game Studios.
A série vem marcando gerações desde seu primeiro jogo que foi Halo Combat Evolved, onde pela primeira vez conhecemos nosso querido herói Master Chief, e temos o primeiro contato com seu mundo apocalíptico.
Halo Reach é o segundo jogo da série que não é protagonizado pelo nosso herói, não que a presença dele faça muita diferença, pois ele nunca foi um homem de muitas palavras.

História (7,5)

A saga se passa no ano de 2552, os acontecimentos são um pouco antes de Halo: Combat Evolve. Os seres humanos, sob proteção da United Nations Space Command (UNSC), travam sua batalha contra os Covenant.x
No controle de Noble Six, membro do esquadrão elite de spartans, o jogador se aventura pelo planeta chamado Reach. O planeta é similar a terra e nele se encontra a principal colônia da UNSC, casa de mais de 700 milhões de civis e militares.
Em busca de respostas, a equipe conhecida como Noble Team, passa por situações onde se separam e sacrifícios precisam ser feitos. Apesar de ter seus momentos, e uma história interessante, os outros aspectos do jogo são tão superiores, que muitos podem joga-lo por inteiro deixando a história de lado.
Temos nossos momentos intensos, como quando um membro da equipe se sacrifica por um bem maior, ou alguém é pego pelo fogo inimigo e os companheiros lutam para vingar companheiro perdido. Mas nada que vá te deixar cativado ou vidrado na história do jogo.
Apesar de ter uma trama interessante, é a ultima coisa que o manterá preso ao jogo.

Gráfico (9)

Com sua engine gráfica completamente nova e especialmente desenvolvida para ele. A evolução do visual é muito visível se compararmos Reach com Halo 3 e ODST.
As armas do jogo sofreram grande evolução no design e foram remodeladas com base no arsenal do primeiro jogo da série. Assim como os Covenant grunts, que continuam os mesmos “pestinhas”, só que agora muito bem detalhados.
A armadura do protagonista é personalizável tanto no modo campanha, como em multiplayer, sendo que temos a possibilidade de adicionar elementos novos para tal. O nível de detalhes em cada capacete ou proteção é incrível.
Os cenários são muito bem variados, desde estações espaciais, até áreas desertas e áridas do planeta . Os efeitos de iluminação são impressionantes,  e trazem mais vida para os aspectos gráficos do jogo.
Podemos em certa parte do jogo, pilotar uma nave em meio de uma batalha inter-estelar, e esse é um dos momentos que fazem com que Reach se destaque dentre todos os jogos da série não só por questões gráficas, mas pela variedade que o jogo te proporciona.

Som(9,5)

Como de costume, a Bungie faz um trabalho musical excelente, e dessa vez a dublagem não ficou pra trás.
As músicas em Halo Reach, trazem uma imersão enorme para o jogador em meio a uma batalha, e agora a trilha sonora parece mais moderna e bem variada, comparada aos antecessores.
A atuação dos dubladores, assim como a escolha deles foi perfeita, cada voz combina com a personalidade e características dos soldados do Noble Team, que são cheios de atitude e com gênios bem diferentes um do outro.

Gameplay (10)

Sempre notável e altamente satisfatória, nunca foi tão agradável jogar um FPS como essa obra prima da Bungie. Os comandos são de fácil costume e acesso, assim como a resposta para cada um deles é de perfeita precisão.
E como sempre, dessa vez temos uma inovação, que são as habilidades que sua armadura pode adquirir para facilitar sua jornada pelo modo campanha, ou suas batalhas em modo multiplayer.
A variedade de veículos e o prazer que o jogo te proporciona ao estar no comando de cada um deles é um dos grandes diferenciais do jogo. Atrás do volante de um Warthog, enquanto carrega consigo a responsabilidade de levar seus companheiros de equipe até seus destinos em segurança, metralhando os inimigos no caminho, é uma emoção sem igual em outro jogo além desse.
Ao longo de sua existência, Halo se tornou mais que um jogo. O modo online, que é seu forte, se tornou uma experiência social, onde você acaba fazendo amigos online e desfrutando de diversos modos de jogo, todos bem variados e altamente divertidos.
Com a adição das habilidades de armadura, o multiplayer ficou mais competitivo e variado. Os cenários são bem elaborados, possibilitando uma batalha online cheia de estratégia e tiroteio.

Conclusão

Halo Reach é a obra prima dentre todos os títulos da série, sem sombra de duvidas o melhor dentre todos. Não só por melhorias em gráfico ou inovações em jogabilidade.
Os personagens do Noble Team trouxeram um certo carisma do qual a série era carente, pois como já foi dito, Master Chief nunca foi um cara de muitas emoções.
A história em si é boa, mas o modo como ela é contada não traz seu envolvimento pelo seu desenrolar, mas sim por acontecimentos singulares como a perda de um companheiro que é tão impactante pro grupo de heróis como pro jogador.
Com toda certeza podemos afirmar que Halo Reach é também um dos melhores títulos para quem curte um multiplayer offline e online. Com grande variedade de modos de jogo, e uma rede social de fácil entendimento e intuitiva.
Pontos Positivos
  • Grande evolução na série
  • Personagens mais carismáticos
  • Habilidades de armadura trazem nova vida para a jogabilidade
  • Modo cooperativo fantástico
Pontos Negativos
  • Inteligencia artificial aliada é fraca
  • Ainda existem buracos na história                    

Nota Final: 9

Vídeos

 

Xbox 360 e LIVE recebem atualizações [ATUALIZADO]

Microsoft anunciou duas atualizações para seu console e também para a rede online Xbox LIVE. A primeira delas, destinada ao aparelho, reativa a função de iniciar o game que está na bandeja, sem necessidade de acesso ao dashboard para isso. O download do patch será obrigatório para todos os usuários que se conectarem à internet, que podem escolher utilizar ou não a função.
Os Gamercards da LIVE também sofrerão uma pequena renovação de design, com a remoção completa das Gamerzones. O recurso, que não tinha nenhuma utilidade prática, tentava separar os jogadores de acordo com seu alinhamento (entre hardcores e casuais), para facilitar a formação de partidas online.