Pro Evolution Soccer 2013

Jogabilidade e visuais aprimorados dão vantagem a PES no primeiro tempo

Começa a grande partida do ano. A Konami dá o primeiro toque com a demonstração de Pro Evolution Soccer 2013. Disponível nas redes Xbox LIVE e PlayStation Network (Europeia e Japonesa), o game chega para reconquistar os gamers que estão jogando no time da FIFA.

Será que a desenvolvedora acertou na jogada? As promessas de um jogo superior em diversos sentidos eram grandes. Além disso, a equipe de criação havia dito que levaria em conta as exigências dos jogadores. Testamos todas as novidades e, agora, compartilhamos nossas experiências com todos os fãs de futebol.

Como de praxe, a demo do game traz um vídeo logo no início, porém não é preciso aguardar a conclusão do clipe para iniciar a jogatina. Depois, você tem acesso ao menu principal, o qual oferece apenas dois modos de jogo: Partida Rápida e Campeonato Santander Libertadores.


No primeiro tipo de game, você pode usar Itália, Alemanha, Portugal e Inglaterra. As partidas da Libertadores podem ser realizadas com os times: Santos, Fluminense, Internacional e Flamengo. Você poderá desfrutar de partidas no Royal London Stadium e na Vila Belmiro.

 

A evolução profissional do futebol!

Uma vez escolhidos os times, você tem opções para personalizar a tática e o posicionamento dos jogadores. Essas configurações continuam idênticas às que existiam na versão 2012. Depois, ao iniciar a partida, é que começam as surpresas.

A entrada dos jogadores em campo é um bom momento para você conferir de perto as melhorias gráficas. De fato, a Konami caprichou nas texturas e na modelagem dos atletas. As expressões faciais estão muito polidas e os uniformes condizem com os verdadeiros.


A grande alegria dos jogadores começa quando a bola rola. Pro Evolution Soccer 2013 parece ter resgatado o estilo clássico de jogabilidade e aperfeiçoado os pequenos defeitos que existiam. Não há atrasos para realização dos passes. A resposta aos comandos é precisa e instantânea.

Após alguns minutos de jogo, é possível ver que os times estão entrosados e atuam de forma natural. Os membros da equipe se movimentam quando há espaço e aproveitam as oportunidades. A naturalidade se deve ao sistema Player ID, o qual faz os jogadores imitarem alguns movimentos dos atletas reais.

Bastam alguns toques para conferir como o game trabalha com um sistema minucioso de detalhes. É possível conferir os movimentos precisos e apreciar belos dribles. Talvez a Konami tenha aproveitado o que existia em PES 2009 e acrescentado uma série de melhorias, criando um misto de estilo arcade e realista. O jogo está impressionante, quem sabe até em um nível superior ao do concorrente.

Joga bonito

Claro que o resgate da jogabilidade não é suficiente para fazer de PES 2013 um primor, afinal,FIFA oferece um conjunto de recursos grandioso. Pensando na vantagem de mercado da série da EA, a Konami deve ter compreendido o que os jogadores realmente querem: futebol de verdade!

Uma grande melhoria foi realizada no sistema de passe orientado. Ao pressionar o gatilho esquerdo do controle, você pode direcionar a bola para uma determinada região. Isso já existia em versões prévias do game, porém, agora, o jogo oferece a orientação por flecha, garantindo precisão nos toques.


Falando em jogar bonito, em Pro Evolution Soccer 2013 você pode realizar dribles ainda mais complexos. Ao pressionar o gatilho direito do joystick, o jogador se prepara para encarar o adversário. As habilidades variam conforme o atleta, sendo que algumas jogadas deixam a partida muito mais bonita.

Outras novidades aparecem na cobrança de escanteios. Agora, muitos jogadores tentam alcançar a bola e marcar o gol. Vale salientar que essa funcionalidade depende do tipo de configuração do controle, pois, quando não há assistência do IA, o posicionamento e o ataque são quase que de inteira responsabilidade do jogador.


Falando na grande área, não poderíamos deixar de comentar sobre o goleiro. É notável que os atletas que ficam no gol atuam de forma natural e tentam acompanhar as jogadas da melhor forma possível. É evidente que as falhas existem, pois cada um tem habilidades específicas e, mesmo com aperfeiçoamentos, os goleiros mais fracos vão levar uns frangos.

O PES volta com tudo!

Somente com essa demonstração, já podemos dizer que as partidas de Pro Evolution Soccer 2013 estão muito divertidas. Claro que um jogo bem executado merece um replay, recurso que, por sinal, também foi melhorado na nova versão. A Konami removeu o efeito “borrão” que tentava imitar o efeito das câmeras em movimento.

Durante os clipes, os erros são nulos e é possível conferir alguns detalhes que normalmente não enxergamos durante as partidas. Apesar de não ser um recurso fundamental para o game, em PES 2013 você poderá conferir personagens animados nas bordas do campo. Seguranças, câmeras e técnicos se movimentam, aumentando a sensação de realismo.

A demonstração pode não estar perfeita, mas, ao menos em nossos testes, não notamos grandes defeitos. Em apenas uma animação, reparamos que os jogadores se atravessaram, mas isso não se repetiu. O sistema de colisão do game está muito bem desenvolvido, sendo que as trombadas são muito realistas.

O game ainda não tem narração e músicas, mas isso não afeta em nada a jogatina. A versão demonstrativa pode ser executada inúmeras vezes e o melhor é que você não precisa rever a introdução. Enfim, se você pensava que PES jamais alcançaria a qualidade de FIFA, essa demonstração é mais do que suficiente para rever pré-conceitos.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s