Matéria

Img_normal
Quando o sistema de notas foi criado, nos primórdios dos sites de internet, gamers costumavam levar os valores das análises a sério. Mas hoje, a situação é bem diferente: o que era para servir de referência de qualidade para os leitores tornou-se apenas uma desculpa para discussões.
Não é nada difícil encontrar exemplos disso. Quase todas as análises do BJ contam com comentários reclamando da falta de profissionalismo de quem analisou o game, já que “o jogo merecia uma nota melhor”. E, é claro, o número de reclamações aumenta exponencialmente se o título for muito aguardado.
De 0 a 10 para 6 a 10
A evolução da internet e dos próprios jogos, a meu ver, tornou a todos muito mais exigentes. Antigamente, as notas seguiam uma escala linear, onde o valor representava com fidelidade a qualidade do título; agora, os gamers veem os números da seguinte forma:
  • Até 6: pior jogo do mundo, podia levar um zero que não faria diferença;
  • 7: jogo horrível;
  • 8: jogo médio;
  • 9: jogo bom;
  • 9.5: únicos games que realmente valem a pena jogar;
  • 10: a nota que todos os títulos de franquias famosas deveriam receber, de acordo com os fanboys.
Pode até parecer exagero, mas fica a pergunta: se você visse um título que pareceu interessante, mas que tinha uma análise entre 6 e 7, você compraria ele? Provavelmente não.
Fanboys vs profissionalismo
Sou fã declarado da série Zelda desde que tenho lembrança. Mas quando Skyward Sword foi lançado, sofri de um forte conflito interno. Isso porque meu lado fanboy realmente ficou feliz com a nota da avaliação, enquanto minha parte racional pensava que o novo título merecia menos, por culpa de sua repetitividade.
Digo isso para deixar claro que entendo bem como é querer defender uma franquia com unhas e dentes; ao mesmo tempo, tento lembrar aos fanáticos que às vezes é importante desligar o “modo fanboy”. Do contrário, suas reclamações tendem ao ridículo.
Um bom exemplo dessa situação está na nossa avaliação de God of War 3. Não importa de que forma você veja, 97 é uma nota ótima. Mesmo assim, fanboys atacaram o valor de forma completamente indignada, dizendo que não somos profissionais por não dar um escore perfeito ao título.
Img_normal
Mas o fato é que, caso ele recebesse um 100, aí sim estaríamos deixando de ser profissionais: por melhor que fosse, o título tinha falhas, como a falta de inovação e uma série de pequenos problemas. Apenas isso já é suficiente para que, de acordo com nossos critérios de avaliação, o game não mereça uma pontuação perfeita.
Sem futuro para as notas?
É triste ver que o sistema de notas foi corrompido, não pelos avaliadores, mas pelos próprios gamers, com seu extremismo. Talvez a única solução seja dar um fim completo aos valores. Assim, quem sabe, os leitores passem a ver os games por qualidades e defeitos, no lugar de simples números. Afinal de contas: é possível quantificar a diversão que os jogos proporcionam?
Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s