Membro do Parlamento Britânico quer banir Modern Warfare 3

Img_normal
O membro do Parlamento Britânico Keith Vaz iniciou recentemente uma moção pedindo banimento de Modern Warfare 3. Bem, na verdade, o político se refere ao jogo como “Call of Duty 3”… Simples detalhe. Segundo Vaz, o game deve ser erradicado por incentivar atos de violência gratuita e também pelo “número cada vez maior de provas” ligando jogos violentos a atos truculentos. Confira um trecho do texto abaixo:
“Esta casa está profundamente preocupada em relação ao recentemente lançado Call of Duty: Modern Warfare 3, no qual jogadores se empenham em atos de violência gratuita contra membros do público; vale notar as cenas em que o metrô de Londres  é bombardeado por terroristas, tendo uma semelhança notável com os eventos trágicos do dia 7 de julho de 2005; ademais, há um número cada vez maior de provas ligando perpetradores de crimes violentos e usuários de games violentos (…).”
Img_normal
Por fim, o político pede que o British Board of Film Classification (órgão de classificação etária britânico) seja constrangido a tomar precauções antes de permitir que um jogo seja vendido.Vale lembrar que Keith Vaz também se empenhou pelo banimento de Counter-Strike, no qual acusava a presença de “assassinatos racistas”. De qualquer forma, no caso de Modern Warfare 3, há um apoio ainda bastante minguado dentro do Parlamento Britânico.
Para mais questões controversas e políticos com excesso de tempo livre, fique ligado no Centro Dos Games Brasil.
Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s