Assassin’s Creed: Revelations

Será que “maior” também quer dizer “melhor”?

A Ubisoft está caprichando no novo game da série dos assassinatos.Assassin’s Creed: Revelations é o quarto título da franquia iniciada em meados do lançamento do console da oitava geração da Sony.


Depois dos sagazes Altaïr, Ezio e Desmond aparecerem em inúmeros trailers e vídeos revelados pela empresa durante a maior parte do período de produção do jogo, a Ubi Montreal não economizou em tamanho da história, nem na quantidade de conteúdo para o novo título da série.
Nem tudo são flores
 A Ubisoft está apostando alto no quesito enredo desse último Assassin’s Creed, porém, não podemos esquecer dois detalhes importantíssimos: como fica quem não está por dentro dos acontecimentos passados da série? E a narrativa e os contextos históricos serão fatores delimitantes para quem quiser adquirir o novo título da empresa?
Img_normal
O site VG24/7 levantou essa questão acima e, a fim de obter maiores esclarecimentos, entrevistou o principal escritor da franquia, Darby McDevitt. O roteirista declarou que a primeira coisa que ele tentou fazer foi manter a história atual de Demond bastante simples. Cada jogo leva a trama a dar apenas um pequeno passo a frente, de modo que os eventos gerais se tornem tão abrangentes que os títulos antecessores possam ser tratados como se tivessem narrativas intransitivas por si só.

Por isso, a cada novo Assassin’s Creed é possível começar a obra com um vídeo que mostre brevemente o que ocorreu nos games anteriores, esperando que isso seja o suficiente para dar aos jogadores mais novos um contexto básico da história. A campanha principal do jogo é construída de maneira a deixar bastante claro o que deve ser feito em seguida de uma ação.
“Por mais complexa que a história possa se tornar, nosso objetivo é que os gamers sempre saibam quais serão suas próximas ações, mesmo que passem um longo tempo se entretendo apenas com as sidequests” — diz McDevitt.
“Assassino velho é que faz morte boa”
Img_normal
Os sites IGN e VG24/7 tiveram oportunidade de testar uma última versão do game de Ezio e Desmond. Segundo os relatos de ambas as páginas da internet, o jogo está muito maior do que os anteriores. A demonstração coloca os gamers na pela de um envelhecido Ezio, passando por algumas sequencias de flashbacks envolvendo Altaïr.
A boa novidade ficou por conta da nova lâmina-gancho multiuso, que permite aos jogadores atravessar grande parte das enormes cidades com o benefício de que Ezio pode aterrissar e cometer um assassinato em centésimos de segundo. A arma também favorece o combate, acrescentando poder de alcance e golpes extras.

Quando?


Assassin’s Creed: Revelations tem previsão de chegada às prateleiras das lojas dos Estados Unidos no dia 15 de novembro deste ano e no dia 18 chega ao Reino Unido para PlayStation 3 e Xbox 360. A versão para PC vai sofrer um pequeno atraso e está sendo cotada para ser liberada ainda neste ano, possivelmente antes do feriado do Natal.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s