Inversion

Corra pelas paredes ou pelo teto… Ou esqueça tudo e vá flutuando!

“A gravidade é como quase tudo o que conhecemos. Não damos a devida importância a ela até que a tenhamos perdido”. É com essa grande frase de impacto que o policial Davis Russel começa a narração presente no trailer de Inversion, jogo no qual é protagonista.
O game é um shooter em terceira pessoa que possui a diferença de incluir a presença de armas que manipulam a gravidade. Quem torceu o nariz pensando estar presenciando o anúncio de mais um título que tenta explorar o sucesso da Gravity Gun (de Half Life 2) deve, contudo, prestar atenção nos diferenciais apresentados por Inversion.
Para começar, a Gravlink Gun (nome dado ao aparato que permite a manipulação das forças de atração em Inversion) permite não apenas anular a gravidade que atua sobre um objeto ou pessoa, mas também alterar a sua intensidade.
Assim, várias possibilidades de jogo são criadas, desde a chance de anular a gravidade de um local para fazer com que inimigos que estejam se protegendo ali flutuem e virem alvo fácil até a oportunidade de reduzir a força que atua sobre um companheiro (fazendo-o dar saltos possíveis até então apenas em locais com gravidade semelhante à lunar).
A ameaça veio de fora
A trama de Inversion se inicia quando estranhas alterações no fluxo de gravidade do planeta acontecem. De repente, aqueles que parecem ser os responsáveis pela quebra da rotina da população mundial decidem aparecer. Um exército de alienígenas (identificado simplesmente como “Lutadore”) ataca as cidades com suas armas gravitacionais e espalhando o caos.
Img_normal
Em meio a todos esses acontecimentos, o jogador assume o papel de Davis Russel, um policial que perdeu a sua esposa durante os ataques e que procura a sua filha pequena desaparecida. Juntamente com seu parceiro, Leo Delgado, cabe a Russel liderar a resistência humana à investida desses estranhos extraterrestres.
Uma guerra explosiva
É claro que não basta apenas fazer com que os inimigos flutuem ou então que sejam impedidos de pular por conta de uma gravidade cinco vezes superior à normal. Todos possuem armas como rifles e explosivos que não são inofensivos quando estão em uma zona de gravidade zero.
Img_normalPor conta disso, é necessário criar as mais variadas estratégias com os recursos disponíveis para encontrar o modo mais eficiente de acabar com os adversários antes que eles o exterminem.
Afinal, é bom ressaltar que tudo demonstra que a tecnologia capaz de provocar mudanças na gravidade chegou ao planeta juntamente com o exército que o ameaça. Portanto, vale se preparar para ter que se proteger não só dos projéteis do exército extraterrestre, como também dos disparos de suas Gravlink Guns.
Por outro lado, Russel possui a sua disposição um cenário incrivelmente interativo que pode ser utilizado nas batalhas contra os Lutadore. Assim, além de utilizar a sua arma gravitacional para expor adversários, é possível também explodir elementos do cenário para cair ou atingir os inimigos.
O nível de destruição do cenário é muito alto e se assemelha ao de Red Faction: Armageddon (cujo lançamento está previsto para o dia 7 de junho). Contudo, Inversion impressiona por permitir que até edifícios inteiros venham abaixo como resultado das intensas batalhas travadas no jogo.
Entretanto, não são todos os prédios que serão destrutíveis, mas apenas a inclusão da possibilidade de realizar o sonho de provocar a demolição de um arranha-céu já demonstra o empenho da equipe da Saber Interactive em oferecer um amplo nível de interatividade com o cenário.
Perfeito para quem quiser brincar de físico
Russel começa a sua batalha apenas com as funções básicas da Gravlink Gun (as quais, por sinal, já são impressionantes). Conforme se avança pela história, entretanto, é possível realizar atualizações do equipamento e incluir novas e utilíssimas habilidades, como aumentar e diminuir o impacto da gravidade sobre os corpos.
Img_normal
É interessante notar como os efeitos são aplicados ao combate. Um inimigo que estiver flutuando em gravidade zero e leva um tiro de escopeta no meio do peito, por exemplo, morre da mesma forma que alguém em condições normais. A diferença é que os pedaços remanescentes continuam flutuando, algo que transforma os campos de batalha de Inversion em um verdadeiro festival visual.
Img_normalHá também disparos de ondas gravitacionais que fazem com que tudo que esteja em seu caminho flutue. Além disso, existem alterações que ocorrem independentemente do uso de armas — como é o caso das anomalias, extensas áreas em que os corpos não sofrem a influência de qualquer tipo de força de gravidade.
Outras interações interessantes com a gravidade aparecem com a utilização dos vetores gravitacionais, os quais alteram a direção da atração sofrida pelos corpos. Desse modo, basta utilizá-los para passar a correr sobre a superfície de um edifício com a segurança de quem corre em um parque nas manhãs de domingo.
Levará algum tempo, entretanto, até que possamos alterar a força com que somos atraídos para o chão. Inversion está programado para sair no dia 7 de fevereiro do ano que vem, com versões para o PlayStation 3 e Xbox 360 publicadas pela Namco Bandai.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s