Fight Night Champion

Entramos no ringue realista da EA

Cada vez mais, os jogos esportivos estão se aproximando da realidade. Não apenas em termos gráficos, mas também copiando a física e a forma como eles são praticados com verossimilhança. É a onda dos simuladores, voltados para jogadores hardcore que, por não poderem pilotar um carro de corrida em alta velocidade, por exemplo, gostam de usufruir esta experiência da melhor forma possível em seus video games.
Fight Night Champion é um exemplo claro desta tendência. O game, que será lançado pela Electronic Arts, leva o boxe ao nível mais alto de simulação possível, e pretende entregar uma experiência o mais próximo possível da realidade. A demo do game foi disponibilizada na semana passada na Xbox LIVE e PlayStation Network.
Img_normal
Brucutus estratégicos
O grande destaque da versão é a presença de Mike Tyson e Muhammad Ali, que encenam uma das duas lutas possíveis na demo. A presença de dois ícones dos ringues lutando um contra o outro já é suficiente para chamar a atenção de qualquer jogador que conheça minimamente o esporte. Mas se engana, porém, quem pensa que o boxe se resume a bater sem parar.
Para vencer as lutas de Fight Night Champion, é preciso ser estratégico. Isso significa esperar a oportunidade certa para desferir um soco, e saber qual golpe deve ser executado em cada momento. Um erro qualquer pode ocasionar uma surra, e definir os rumos da luta.
O game apresenta controles complexos, que utilizam praticamente todos os botões do controle. Golpes mais simples, como diretos e cruzados, são desferidos pelos botões frontais. Uma camada de complexidade a eles é adicionada por meio dos superiores e pela alavanca analógica esquerda. Respectivamente, eles controlam a intensidade e ângulo dos ataques.
Como já dissemos, bater sem parar não adianta, e a surra que o personagem leva ao fazer isso não é o único motivo de desmotiva a prática. A cada golpe desferido há uma diminuição na barra de stamina, e o seguinte sempre será mais fraco. Portanto, atacar sem parar resultará em socos mais lentos e pouco efetivos.
Além disso, a barra de stamina também influi diretamente na quantidade de energia recuperada ao final de cada round. Quanto menos golpes recebidos, e mais estratégico for o estilo de luta, mais vantagem o jogador terá sobre seu superior, e melhor será o processo de recuperação durante os intervalos.
Img_normal
O resultado é que Fight Night Champion parece ser um jogo quase completo. A complexidade dos controles, aliada à fidelidade nas reações dos personagens aos golpes, constituem um pacote que promete agradar os fãs de boxe. Porém, o sistema de danos, que faz com que os lutadores sangrem e reajam fisicamente aos machucados, ainda não estava presente na demo, ou é muito imperceptível. Preferimos acreditar na primeira opção.
Modo história
Na versão de demonstração, apenas lutas simples estão presentes e podem ser jogadas online ou offline. Uma das características mais aguardadas pelos fãs é o “Champion Mode”, que adicionará uma trama ao jogo de luta.
A ideia é exibir o funcionamento do mundo dos boxes nos bastidores, e mostrar todas as tentações às quais os lutadores estão expostos durante o caminho até o topo. Isso inclui intrigas familiares, problemas com mafiosos e até mesmo prisões, caso a honestidade do boxeador não compactue com a vontade dos mais poderosos.
Fight Night Champion tem lançamento marcado para o dia 1º de março de 2011, para PlayStation 3 e Xbox 360.
Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s